AURORA BOREAL

 

Polo invertido de chapa de superliga de níquel 718

 

A técnica de difração de elétrons retroespalhados [EBSD] permite a visualização da cristalografia dos grãos que compõem as ligas metálicas usadas na engenharia e possibilita obter informações a respeito da orientação relativa desses mesmos grãos e suas interações.

 

Imagem obtida por meio de microscopia eletrônica de varredura [200x] no Laboratório de Materiais da Universidade Livre de Bruxelas, Bélgica.

 

Leonardo Sales Araújo

Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia - COPPE

Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ