CANIS

 

Imagem histológica de artéria obstruída

 

A pertinência da imagem não é diagnóstica ou histológica descritiva, mas divulgar a fotomicroscopia no contexto da prática artística e experimental e provocar o observador ao revelar o formato inusitado do arranjo livre de tecidos e feixes de fibras que lembram, curiosamente, o formato de canídeo.  

 

Imagem suporte: corte histológico de artéria obstruída, corado por HE, obtida através de microscopia ótica [40x].

 

O ALEF consiste em um campo experimental em microscopia além das fronteiras acadêmicas, mas de concepção cientificista nos percursos transversos de construção artística - dialoga com as várias áreas do conhecimento na transversalidade com as pesquisas e práticas de representações visuais.

 

Maria Inês Machado

Coordenadora do ALEF – Ateliê Laboratório Experimental em Fotomicrografia

Professora titular aposentada da Universidade Federal de Uberlândia - UFU