CÃO

 

Ferro fundido contendo grafite

Grafite [ou grafita] é uma das formas alotrópicas do carbono, assim como o diamante e o grafeno. Em síntese, a alotropia ocorre quando um elemento químico forma duas ou mais substâncias simples diferentes. Grafite, diamante e grafeno são substâncias de mesma composição química [carbono] mas organizadas em sistemas cristalinos distintos que os conferem diferentes características.

 

Também chamada de chumbo negro ou plumbagina, a grafite é um mineral de variadas propriedades físicas. É mole, facilmente desgastável, untuosa e de boa condutibilidade elétrica. Embora seja mais conhecida popularmente por sua utilização como mina de lápis e lapiseiras, a grafite tem múltiplas e importantes aplicações industriais. É utilizada em ligas metálicas, na fabricação de motores, aditivo na recarburação do ferro e do aço, lubrificantes sólidos ou à base de óleo e água, tijolos, peças refratárias etc.

A imagem revela a morfologia atípica da grafite [em forma de cão] em microestrutura de ferro branco indefinido. O estudo sobre a formação da microestrutura de ferros fundidos indefinidos visa o domínio dos fatores controladores da precipitação da grafita e, assim, promover melhorias na tecnologia de elaboração dessas ligas.

Edison Roberto Corrêa
Instituto de Pesquisas Tecnológicas