Angélica Dass

Humanae

portfolio

 

 

 

“[...] não há nada espontaneamente visível na cor da pele, no formato do nariz, na espessura dos lábios ou dos cabelos, ou mais fácil de ser discriminado nesses traços do que em outros, como o tamanho dos pés, a altura, a cor dos olhos ou a largura dos ombros. Tais traços só têm significado no interior de uma ideologia preexistente, e apenas por causa disso funcionam como critérios e marcas classificatórias. Em suma, alguém só pode ter cor e ser classificado num grupo de cor se existir uma ideologia em que a cor das pessoas tenha algum significado. Isto é, as pessoas têm cor apenas no interior de ideologias raciais.”

 

"[...] there is nothing spontaneously visible in the color of skin, shape of the nose,, thickness of the lips or hair, easier to be discriminated in these traits than in others, such as the feet size, height, color of the eyes or shoulder width. Such traits only have meaning within a preexisting ideology, and only because of that they work as classifying marks and criteria. In short, someone can only have color and be classified in a color group if there is an ideology in which people's color has any meaning. That is, people have color only within the racial ideologies."

 

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães
Racismo e Anti-Racismo no Brasil

 

 

<                        >